segunda-feira, 18 de janeiro de 2021

MPF denúncia Nego de guri e familiares por desvio de recursos públicos



O MPF de Patos apresentou denúncia contra ex-prefeito Nego de guri, sua esposa loura Reis, seu filho Edmilson Reis Filho, o ex vereador Assis catanduba e a assessora Socorro Xavier, além dos empreiteiros Duda e Madson Lustosa, todos suspeitos de envolvidos em desvios de recursos públicos da UBS Pedra do Galo, da pintura das UBS Dr Mororó e Dr Esdras e Reforma da cadeia velha. 

A maioria dos denunciados já foram envolvidos em outras denúncias e operações, entre elas a mais conhecida que é a recidiva. 

Foi pedido ainda pelo MPF a pena privativa de liberdade em montante a ser individualizado quando das alegações finais.

O espaço fica aberto para a defesa dos citados. 

Veja trecho da denúncia que fala sobre a imputação jurídica e pedidos do MPF. A denúncia completa possui 103 páginas:




quinta-feira, 3 de dezembro de 2020

Bastidores da política apontam Gustavo Wanderley como novo Secretário de Meio Ambiente de Patos


O atual Secretário de Meio Ambiente de Matureia, Gustavo Wanderley Ramos Monteiro, é apontado como possível escolha de Nabor Wanderley para assumir a mesma pasta em sua futura gestão. Gustavo é formado em Geografia, Especialista em Educação Ambiental e Sustentabilidade pela UFCG e é Bacharel em Direito.

Como Secretario de Meio Ambiente, Esporte, Cultura e Turismo na Cidade de Matureia desenvolveu vários projetos que foram destaque na Paraíba, como o MATUREIA TUDO VERDE E DE VOLTA AO NINHO. 

Ele sempre  morou em Patos e atualmente está em Matureia, devido está exercendo o cargo de Secretario. 

O prefeito eleito de Patos ainda não anunciou nenhum nome do seu secretariado, porém já se iniciaram as movimentações nos bastidores. 

sábado, 14 de novembro de 2020

Polícia prende em flagrante candidato a vice-prefeito de Catingueira-PB, neste sábado (14)

 


No início da noite deste sábado (14), a Polícia Civil prendeu em flagrante, no município de Catingueira (PB), quatro pessoas em um veículo acusadas de possível compra de votos. Entre elas estava Josivan Gomes Marques, candidato a vice-prefeito da cidade pelo partido Republicanos, na chapa encabeçada pelo candidato a prefeito Odir Pereira Borges Filho, do mesmo partido. Junto com eles estava também Francisco de Assis Araújo de Alencar.

A ocorrência partiu de uma denunciada anônima. Na abordagem, os policiais do BOPE encontraram R$ 700,00 no porta-luvas do veículo e duas pistolas, uma delas calibre 38, com 11 munições, pertencente ao 2° Sgt da Polícia Militar, Valmir Batista da Silva, segurança do candidato. A outra de 9mm, com 18 munições, de Erinaldo Elias de Souza, condutor do veículo, sem porte legal.

Vídeo: Blog do Jordan Bezerra

O material foi apreendido e os quatro foram encaminhados à delegacia de Piancó (PB), onde foram autuados por compra de votos. Todos pagaram fiança e foram liberados. A reportagem tentou contatar o prefeito e candidato à reeleição, Dr. Odir Borges, mas ele não respondeu às mensagens e não atendeu às ligações até o fechamento desta matéria. Ele também esteve na delegacia após a prisão do seu vice.

De acordo com o delegado da Polícia Civil de Piancó, Rodrigo Rego Pinheiro, o caso agora segue sob investigação.

Ouça o que o delegado falou à TV Contexto.

Rodrigo Rego Pinheiro – delegado da Polícia Civil de Piancó

Ex-Juiz Ramonilson tem membros de sua coligação presos pela Polícia Federal por possível compra de votos




Informações chegaram à redação de que membros da coligação, que tem como candidato a prefeito de Patos-PB, Ex-Juiz Ramonilson foram detidos e levados à delegacia da Policia Federal para investigação.

Coincidentemente A coligação realizou um evento político de carreata previamente agendada e divulgadas nas redes socias por grupo de envio de mensagens. Com saída prevista do Bairro da Vitória.

Desde a manhã deste sábado observou-se grande movimentação de correligionários no posto Almeidão, e polícia e o Ministério Público receberam denúncias de distribuição de combustível para motoristas, que chegavam a formar filas com carros e motos conforme imagens captadas por populares.

É possível pelas observar pelas imagens, que um cabo eleitoral do Ex juíz Ramonilson é questionado por policiai federais que o conduziram a delegacia para averiguação. O correligionários foi identificado como sendo Luciano da Hilux, que  já foi condenado pela Justiça Eleitoral por propaganda negativa em outras eleições e também nesta eleição.




 

TRE/PB decide por unanimidade pela legalidade da coligação Patos Competente



O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba, na última quarta-feira, 12 de novembro, manteve a decisão já concedida pela juíza eleitoral Dra. Ana Hilário para o deferimento do registro da candidatura dos candidatos da coligação “Patos Competente”, encabeça por Nabor Wanderley e Professor Jacob


O recurso foi interposto pela coligação “Pra Devolver Patos ao seu Povo”, encabeça pelo juiz Ramonilson e o eleitor Gustavo Aquino por discordarem da sentença proferida pelo juízo da 28ª zona eleitoral (Patos-PB) que reconheceu a regularidade dos atos partidários da coligação Patos Competente, deferindo o pedido de habilitação das eleições municipais 2020.


O TER/PB, em decisão unânime, decidiu que não existiu fraude nas convenções partidárias dos partidos Cidadania e Rede Sustentabilidade, que integram a coligação encabeçada pelo candidato Nabor Wanderley, pois cumpriram os estatutos partidários, bem como houve regularidade na formação da coligação, mantendo a sentença que reconheceu a regularidade dos atos partidários da coligação “Patos Competente”.

sexta-feira, 13 de novembro de 2020

Em LIVE: Pai de candidato a Vice Prefeito de Patos diz que ser liso é defeito



Em participação numa transmissão ao vivo, o médico Dr. Umberto Marinho, que é pai do candidato a Vice Prefeito em Patos, Dr. Umberto Jobert, usa termo chulo e mostra total desrespeito com pessoas que passam por dificuldades financeiras, quando afirma em dado momento da transmissão que "ser liso é defeito".


A transmissão foi levada ao ar pelas redes sociais do também filho e candidato a reeleição na cidade de São Mamede, Dr. Umberto Jefferson. Achando pouco ter feito a afirmação, o patriarca da família Umberto, ainda ressalta que aconselhado pelo seu pai, se encrontasse ao longo de sua vida uma pessoa na sargeta, fizesse questão de pisar no pescoço dela, pois ela não deveria nem ter nascido.


Também atraves das redes sociais, o médico Umberto Jobert, afirma que a fala foi usada fora de contexto, assim distorcendo o que realmente o que seu pai queria dizer.

quinta-feira, 12 de novembro de 2020

"Requentaram uma notícia na tentativa de gerar um fato político" afirma analista político



Um programa radiofônico local comentou nesta quinta-feira (12) a nota da assessoria da Polícia Federal que esclarecia sobre a notícia publicada em site, acerca de ação de busca e apreensão que teria sido feita pela Polícia Federal na cidade de Patos.


Na nota, lida pelo jornalista durante apresentação do programa, consta:


"Acerca de tal notícia informamos que a Polícia Federal cumpriu na semana passada, mandado de busca e apreensão expedido pela Justiça Eleitoral no âmbito de ação eleitoral cível, tendo a Polícia Federal apenas cumprido pontualmente aquela ordem judicial, não  havendo investigação da PF acerca do fato, tampouco o pedido de busca foi feito pela PF", dizia a nota.


A nota trazia ainda:


"Por não ter sido uma ação eminentemente da Polícia Federal, não houve divulgação dos fatos à imprensa por parte da força."


Para o analista político que participava do programa, Corsino Neto, em suma, a PF recebeu uma determinação por parte da Justiça Eleitoral para cumpri -la, e a notícia que havia sido amplamente divulgada pela coligação "Pra Devolver Patos Ao Seu Povo" era requentada e teve como foco gerar um fato político. 


"Com relação ainda à notícia veiculada, trata-se de uma notícia requentada da semana passada na tentativa de gerar um fato político pela própria PF. Na verdade, utilizou-se alguns meios de comunicação para produzir um fato político," disse o analista político em entrevista.